Vine to Glass na Quinta de la Rosa

A Quinta de la Rosa, pela voz de Sophia Bergqvist na primeira pessoa, anuncia o lançamento do projecto VINE TO GLASS (VTG) no seu restaurante Cozinha da Clara. Um projecto com preocupações ambientais, que consiste na instalação de um sistema de vinho em torneira (à semelhança dos drafts utilizados para as cervejas) no restaurante da quinta, possibilitando dessa forma uma menor intervenção na produção do vinho e reduzindo a utilização de garrafas de vidro, logo tendo também um menor impacto ambiental.

Partilho a comunicação de Sophia Bergqvist na íntegra:

Ser inovador e empreendedor sempre foram pontos centrais em tudo aquilo que fazemos aqui na Quinta de La Rosa. Não fomos apenas uma das primeiras Quintas a aproveitar as novas leis e regulamentos do vinho do Porto, que permitiam às empresas produzir e vender o vinho diretamente das propriedades como também fomos pioneiros na produção e comercialização dos vinhos de mesa nos inícios dos anos 90.
Desde os anos 80 que nos apresentamos no mercado do enoturismo ao arrendar a Quinta Amarela em regime de self-catering, abrindo portas um pouco depois para visitas às caves e provas de vinhos.
Hoje em dia dispomos de 25 quartos apoiados por um restaurante altamente aclamado, o “Cozinha da Clara” e a próxima geração da família, nomeadamente Kit Weaver, começa também a ter intervenções relevantes através do lançamento das primeiras cervejas produzidas no Douro sob o nome La Rosa.


Por conseguinte, é justo que agora olhemos para o futuro, procurando fazer algo um pouco diferente. Assim, temos orgulho em anunciar o lançamento do nosso novo projeto VINE TO GLASS (VTG), através da instalação de um sistema de vinho em torneira no restaurante Cozinha da Clara. Ao produzir vinhos de pequenos lotes, começamos a repensar uma melhor maneira de servir esses vinhos. Usando sempre que possível barris reutilizáveis, acreditamos que o VTG nos permite produzir vinhos únicos com frescor incomparável.O nosso enólogo, Jorge Moreira, que celebra 20 anos de La Rosa, está muito empolgado com o projeto: “Permite-me mostrar os vinhos de uma maneira diferente, como se fossem servidos diretamente do barril ou do lagar, com menos intervenção, menos filtragem e menores níveis de sulfitos do que quando são engarrafados.”
Sophia Bergqvist, proprietária da Quinta de La Rosa, foca o projeto no impacto ambiental, referindo: “Usamos tantas garrafas diariamente no serviço do restaurante, que os barris reutilizáveis dão-nos a hipótese de sermos mais amigos do ambiente.”


Os vinhos disponíveis em barris irão variar, dependendo das quantidades produzidas. De momento, temos:

– La Rosa Branco 2021 (também disponível em garrafa)
– Vinha Cerejinha Branco 2021
– Passagem Branco 2021 (também disponível em garrafa)
– Rosé frisante 
– La Rosa Tinto 2019 (também disponível em garrafa)
– Tinto Cão 2020

Tags from the story
,
Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.