Augalevada Mercenario 2020

Em 2009, Iago Garrido Pascual, que ainda deu uns passos como jogador de futebol no Ourense, o clube da sua terra natal, iniciou o seu projecto vitivinicola na Fazenda Agricola Augalevada. Formado em engenharia agrícola e ambiental, Iago Garrido tem feito um trabalho exemplar na sua adega localizada em Ourense, na região do Ribeiro, Galiza, sendo actualmente reconhecido como um dos melhores jovens produtores de Espanha. Os solos graníticos, a viticultura biológica com métodos biodinâmicos e um cuidado extremo na vinificação, ajudam a moldar estes que são alguns dos vinhos mais interessantes da Galiza actual. Não é a primeira vez que aqui falo deste projecto de Iago Garrido e também não escondo que sou um grande fan dos seus brancos.

Mercenario é o branco de entrada na gama do produtor e é um excelente cartão de visita para os vinhos que produz. Daqui para a frente é sempre a crescer, em complexidade e carácter, mas este Mercenario 2020, um lote de Treixadura, Albarino, Godello e Palomino, feito com uvas provenientes de variadas vinhas em Ribeiro, abre-nos na perfeição as portas dos brancos da Augalevada. O vinho fermentou naturalmente, sem adição de leveduras, parte em anfôras de barro e outra parte em barricas usadas, tendo depois aí estagiado por um período de dez meses. O estágio na ânfora chega a formar um véu de flor, o que lhe confere um estilo muito próprio. É esta diversidade de métodos de vinificação que confere uma complexidade muito especial ao vinho. As comparações com os brancos da região francesa do Jura são inevitáveis. O vinho está muito puro e focado, com grande afinação, num registo leve, elegante, mas ao mesmo tempo texturado e com alguma complexidade. Tem uma acidez vibrante, quase eléctrica, que vem acompanhada por um travo salino que lhe dá muita vida e boa perspectiva de envelhecimento. Aviso a navegação que não são vinhos óbvios nem fáceis. Quem gosta de brancos frutados e muito aromáticos vai ter dificuldade em enteder estes vinhos, no entanto quem procura um produto diferente e original, vai ficar encantado com a genialidade de Iago Garrido. Pela sua subtileza são vinhos que necessitam de atenção, não vão brilhar nem ser compreendidos se bebidos no meio de tantos outros. Este 2020 é o meu Mercenario favorito até ao momento.

Apesar de não serem vinhos muito conhecidos, já têm uma legião de fans considerável, por isso nem sempre são fáceis de encontrar. Este custou-me 13,50€ o ano passado numa loja online espanhola.

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.