Manjar do Marquês (Pombal)

Lugar de peregrinação, o Manjar do Marquês é uma instituição e lugar de paragem obrigatória para quem viaja na principal auto-estrada portuguesa e gosta de dar ao dente com qualidade. Os panados, os filetes de pescada, os pastéis e as pataniscas de bacalhau, sempre acompanhados pelo incomparável arroz de tomate, são especialidades que meio país conhece e que tantos fazem o desvio para as ir saborear.

Apesar de conhecer o Manjar há muito tempo confesso que só mais recentemente, levado por gente amiga que não brinca na hora de comer bem, descobri outras competências desta instituição da Estrada Nacional 1. Na grande sala da direita, com um ambiente mais tranquilo, para quem não vai com pressas, existe uma oferta variada de pratos tradicionais da nossa gastronomia interpretados com a mestria que esta casa já nos habituou. É também neste espaço que o vinho brilha, tanto na diversidade da oferta, como no serviço competente, como ainda, sobre um tema pertinente nos dias que correm, com preços exemplares que nos mostram como a restauração pode, desde que bem gerida, conviver pacificamente com o serviço de vinhos sem entrar em valores especulativos e imorais.

Resumindo e concluindo, continua em grande forma este Manjar, que mais do que valer o desvio, vale a viagem, pelo melhor que a nossa restauração tradicional tem para oferecer.

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *