Colecção de cromos, Notáveis Jogadores do Benfica, por Paulo Laureano

Hoje cromos, ontem vencedores das Taças dos Campeões Europeus para o Benfica.

Paulo Laureano, o enólogo e mentor da ideia.

Ao longo das últimas décadas estes “cromos” proporcionaram momentos grandiosos aos seus adeptos e é essa memória que o enólogo pretendeu homenagear com este projecto que tem como base o Paulo Laureano “Notáveis Jogadores do Clube” Premium Tinto 2010. Um tinto alentejano, nascido na Vidigueira, a partir das castas Aragonez, Trincadeira e Alicante Bouschet, que estagiou em barrica durante 12 meses e depois repousou cerca de mais 20 meses em garrafa. É um vinho de carácter alentejano, encorpado, macio, com alguma complexidade, sem dúvida à altura de tão grandes figuras. O vinho já se encontra no mercado e poderá ser encontrado, para além das garrafeiras habituais, na loja do Benfica no Estádio da Luz e em algumas Casas do Benfica. Querem melhor sugestão de prenda de Natal?

Obrigado por tudo!
Bom, vamos lá tentar pôr ordem na casa. Depois de duas semanas muito atribuladas, com mais um Adegga Winemarket (excelente, como sempre) pelo meio e alguns problemas de saúde no seio da família, as coisas parecem começar a assentar e a vida a voltar à normalidade. Aproveite-se então estes momentos de maior acalmia para recuperar algumas das publicações em atraso.
Comecemos pela apresentação da nova colecção de cromos do enólogo Paulo Laureano, que em parceria com a maior instituição portuguesa mundial resolveu, em boa hora, digo eu, lançar um vinho com as caricaturas de algumas das maiores lendas do Sport Lisboa e Benfica. A mesma teve lugar na Catedral da Cerveja, restaurante com vista privilegiada para o relvado do Estádio da Luz e contou com a presença de antigos jogadores do clube, de alguns responsáveis pela estrutura directiva do Benfica e claro, do próprio Paulo Laureano.
Para além dos excelentes trabalhos do cartoonista Ricardo Galvão que ilustram os rótulos, as garrafas vêm seladas num tubo com o objectivo de não ser possível escolher o cromo e obrigar os coleccionadores a ir à troca com os repetidos. Cada tubo contém ainda uma caricatura em formato A3 do jogador correspondente. 
Os coleccionadores terão de esperar três anos para completarem a caderneta, pois durante esse período, semestralmente, irão sendo lançados novas séries de seis cromos, até perfazerem os 35 que compõem a colecção. Para o arranque do projecto a primeira série traz-nos um sexteto de respeito com, Cosme Damião, Mário Coluna, Mário João, Humberto Coelho, Shéu e, como não podia deixar de ser, Eusébio.
Agora só resta coleccionar e ir bebendo os repetidos 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *