Adega Mãe Riesling Late Release 2015

Quem disse que não temos bons Riesling?

Este “trocken” de Torres Vedras mostra-nos que também em Portugal, com as devidas condições climatéricas, conseguimos fazer rieslings secos de muito boa qualidade. Este Adega Mãe Late Release poderá não ter a profundidade dos grandes riesling do Mosel, mas é um vinho belíssimo, com uma precisão e frescura que o coloca nos meus varietais da casta favoritos produzidos cá no burgo.

Fiel à casta. Citrinos, toque de mel, começa agora a entrar na fase dos apetrolados mas tudo ainda muito bem envolvido pela fruta e num perfil sério e contido. A boca é de grande elegância, fina mas com a complexidade que o tempo de garrafa lhe conferiu, tremendamente fresca, com as sensações salinas e minerais da região a ligarem lidamente com uma acidez viva que lhe prolonga o final. Está uma delícia e numa excelente fase.

Custou-me cerca de 14€ na loja da quinta (também online) e já não havia muitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *