Destinos

20151107_173505

Comer em Braga

Quem diria que estamos numa das cidades cristãs mais antigas do mundo. Fundada pelos romanos (Bracara Augusta) em 27 a. C. rapidamente se tornou um importante centro industrial e comercial. Ao longo da sua…

DSC_0056

Sevilha (Andaluzia, Espanha)

Termino a viagem à mesa do La Brunilda, outra referencia do tapeo da cidade. Numa zona muito central, em pleno Bairro El Arenal, o Brunilda é um bar de tapas onde podemos encontrar uma grande diversidade de pratos onde a criatividade e inovação são uma constante. Mas também podemos encontrar as tapas mais tradicionais e uma carta de vinhos de excelente qualidade. Os preços voltam a ser encarados com muito realismo e uma refeição com vinho raramente chega aos 20€ por pessoa.

DSC_0003

Le Petit Paris (Sevilha)

Encontrar um lugar para dormir no centro de Sevilha, de qualidade e a preços cordatos, pode não ser um exercício tão fácil como parece à partida. Existe muita oferta mas nem toda de qualidade,…

DSC_0035

Bernard Baudry (Chinon, Loire)

Ouvir os Baudry a falar dos seus vinhos é um prazer que não tem preço. O respeito que colocam na sua produção, sempre com o objectivo de intervir o mínimo possível na adega e de manter a autenticidade de uma região através de uma agricultura sustentável e sem recurso a produtos químicos, faz-nos entender melhor o que depois nos surge na garrafa.

DSC_0052

Douro Superior

Uma boa altura para descobrir a região do Douro Superior é no final de Maio por ocasião do Festival de Vinho do Douro Superior. Os dias ainda não estão muito quentes e as noites já não são tão frias, o que convida a passeios pela região à descoberta do melhor que esta tem para oferecer.

DSC_0089

Comer em Bordéus

Para finalizar de vez as publicações sobre a wine trip de Bordéus fica o capítulo que faltava. Um conjunto de sugestões onde comer na mais afamada região vinícola do mundo. Foram lugares, de diferentes estilos, por onde passámos e de onde trouxemos boas recordações. Ficam as dicas.

DSC_0180

Bordéus

A região de Bordéus atrai turistas de todo o mundo pela sua cultura relacionada ao vinho. São mais de 100.000 hectares de vinha e cerca de 7000 produtores, onde nascem alguns dos mais exclusivos vinhos do mundo. A região modernizou-se e hoje o visitante pode usufruir de uma experiência de enoturismo, que pode ir dos chateaux mais luxuosos ao vigneron mais tradicional, numa oferta para todos os gostos e bolsas.

IMG_20130912_195321

Bairrada – 10 razões para ir

Não faltam motivos para visitar a região da Bairrada, dos lugares cheios de história, aos vinhos e à gastronomia. Fica o convite através de 10 motivos imperdíveis.

DSC_0219

Loire

Com uma história ancestral e inesgotável, o Vale do Loire, também conhecido por Jardim de França, é uma região famosa pelos seus imponentes castelos e pelas suas paisagens luxuriantes, mas também pela riqueza da sua produção de vinhos, a par da gastronomia.

Marqués de Riscal (Rioja)

Marqués de Riscal (Rioja)

Assim se faz a história deste produtor mítico da Rioja. Classicismo e inovação de mão dadas, num ponto de visita obrigatório no mapa mundo do enoturismo.

À descoberta da Flor de Sal

À descoberta da Flor de Sal

Uma viagem pela região, pelos seus produtos, pelas suas gentes, pelas suas diferentes paisagens, sempre com a flor de sal como figura central.

Monsaraz (Reguengos de Monsaraz, Alentejo)

Ao visitar Monsaraz percebe-se facilmente o porquê de muitos chegarem e já não partirem. É um lugar de atracção imediata, de amor à primeira vista, onde a cintura de muralhas, as casas irrepreensivelmente conservadas…

Comer no Dão e Serra da Estrela

“Naquela mesa que volta e meia imagino representar a gastronomia de uma região ou província, coloco, com cuidado quase religioso, o queijo da serra (para meu gosto, o amanteigado, esbordando, gordo e planturoso, se…